Ensaio romântico – Mauro e Camila (por Clarice Mallaco)

Gente! Achei esse ensaio a coisa mais linda! Queria ter colocado aqui no blog no dia dos namorados, mas não tive tempo. A fotógrafa, Clarice Mallaco, foi uma das lindezas que registrou meu casório. Desde então tenho acompanhado o trabalho dela pelo  facebook e estou apaixonada com a delicadeza da sua arte.

Bem, vejam e comprovem! Parabéns Clarice pelo trabalho e parabéns ao casal lindo e nitidamente apaixonado! Felicidades!

01

5584_674457972580301_2106441831_n

5594_674458365913595_952008476_n

8505_674457789246986_1416006946_n

8696_674457819246983_271082405_n

941129_674459812580117_762296252_n

943614_674457995913632_170212056_n

947110_674457625913669_1167440402_n

968925_674459445913487_597383723_n

971742_674457022580396_155262967_n

988660_674458379246927_1835830250_n

993078_674459205913511_1453043626_n

996176_674459762580122_783898315_n

996860_674456405913791_1576617879_n

998118_674458242580274_472790130_n

998120_674459919246773_1445455370_n

999262_674459665913465_6832191_n

1001050_674459659246799_265308046_n

1001328_674457925913639_357044339_n

1005587_674457619247003_220195911_n

1009914_674459292580169_1250685634_n

1011154_674456382580460_672725861_n

1016661_674456962580402_1604250776_n

Anúncios

Fondue de queijo fácil e delicioso

Bom dia lindezas!

Desculpem não ter postado a receita ontem, mas cheguei exausta em casa.

Vamos lá! Quando você planeja um jantar romântico você pensa em:

a) Fazer uma comida deliciosa, super trabalhosa e terminar o jantar com uma cozinha enorme, toda descabelada e com cheiro de comida.

b) Fazer uma comida deliciosa e simples, super prática e rápida e par o resto da noite aproveitando o jantar com o seu amor.

Se você, assim como eu, escolhe a opção b), faça essa receita da próxima vez e não vai se arrepender!

Diferente das outras receitas de fondue de queijo, essa é mais barata e mais light. Você vai usar:

  • 1 caixinha de creme de leite
  • 1 pote de requeijão light (usei daqueles de plástico, que são menores que p de vidro)
  • 200g de provolone defumado ralado sem aquela casquinha mais dura
  • 4 fatias de mussarela picada
  • Para acompanhar: pão, batatinhas cozidas e tomate cereja

Coloque os ingredientes numa panela em fogo baixo e mexa sempre até derreter o queijo. Transfira para o aparelho de fondue e delicie muito bem acompanhada! Pra beber, um vinho tinto suave cai como luva! De sobremesa, fondue de chocolate com morangos, banana e uvas.

IMG_20130612_200055

Bem, pode ser que você esteja se perguntando porque eu não tive essa ideia brilhante ANTES do dia dos namorados. A verdade é que eu ainda não sabia se daria certo e nem tinha foto da receita ainda.

983542_589884747698228_196031767_n

Ah! Se a formatação não estiver boa é porque escrevi esse post pelo celular. Então mereço um desconto né!

Bjo

Ensaio pré-casamento: Sarah e Paul (por Ana Paula Aguiar)

Ano passado, a nossa querida Ana Paula Aguiar fez uma campanha no blog dela: Conte-me sua história! A história mais linda e emocionante ganharia a cobertura fotográfica completa do casamento, com álbum incluso! (Maravilha né!) A campanha estava aberta para casais que estivessem de casamento marcado em 2012 e por isso eu nem tentei participar! Mas mesmo que tivesse participado, não ganharia, porque a história vencedora, além de lindíssima, um verdadeiro conto de fadas, foi muito bem escrita! Eu amei! E por isso resolvi compartilhar com vocês: a história e o ensaio pré-casamento desse casal lindo!

“Era uma vez um príncipe e uma princesa…” Bem, essa história começa assim. Ela foi criada no
seu mundo encantado, em Belo Horizonte. Sonhava com o príncipe que a viria despertar desse
mundo de rapazes malvados e noitadas frustradas (não me olhem espantados, esse é um conto
de fadas moderno). Ele vivia numa terra tão distante que tinha que atravessar o oceano para ir
buscar a sua princesa. (Ainda bem que nos contos de fada atuais existem aviões!) Pois é, ela no
Brasil, ele, em Portugal.
Um dia, ela cismou por tudo quanto é mais sagrado que tinha que ir estudar em Portugal. Por
quê? Mistérios do destino… A verdade é que a princesa moderninha teve que ir buscar o seu
príncipe encantado.
Mas existia um porém. Ele era noivo, de igreja marcada e tudo mais. Mas a noiva dele resolveu
pôr um fim na relação às vésperas do fim do ano, com meia dúzia de meses para o enlace. E foi
aí que ele fez um pedido de Natal. Pediu uma bússola.
Final do ano. A mocinha da história, sozinha. Mas ela tinha uma amiga, que tinha uma outra
amiga que tinha um marido que trouxe os pais para passarem férias na Europa, e agregou o
irmão e a esposa, ao melhor estilo do “papagaio-do-vizinho-do-tio-do-primo-de-um-amigo-
meu”. E a mocinha da história, sozinha.
Pois bem, a “turma do papagaio” inventou de passar o Reveillon lá em Viana do Castelo, para
onde o príncipe da história também foi. Meia-noite da passagem de 2009 para 2010 e estão
os dois perdidos na cidade. E enquanto os fogos estouram e a alegria toma conta de todos, ela
pára, olha para o céu, procura por ele. Fecha os olhos e pede para achá-lo.
Foi nessa noite que eles se encontraram, que se viram pela primeira vez. Foi como se eles se
reconhecessem – as almas deles se reconheceram. E foi nesse mesmo dia, que ele, galante,
disse para ela: “Você ainda vai se casar comigo.” Ela riu.
Corria o primeiro dia do ano, já em Lisboa, com números de telefone trocados, tudo certo!
Tudo certo nada. O telefone dela tinha caído no vaso sanitário! Significa que ela ficou uns bons
dias incontactável. E ele, desesperado, tentando achá-la. (É, conto de fadas o príncipe tem que
matar pelo menos um dragãozinho para ficar com a princesa…)
O pedido de namoro oficial foi feito no alto da Torre Eiffel, com o Rio Senna no horizonte,
num belo dia de primavera. Pronto, pronto… mas nem tudo foi perfeito! Não é que o príncipe,
nesse dia, acaba por atrair um inesperado elemento? Um brasileiro perdido em Paris, que
entre várias conversas e perguntas, acompanhava o casal. E ele ali, aflito, sem nunca conseguir
ajoelhar! O sol quase já se punha, até que, bravamente, ele conseguiu se desenvencilhar do
companheiro (não, não… ele não o empurrou da torre! Mas não o fez porque havia grades!).
Ajoelhado está, pedido feito e muito amor no ar…
Passados uns meses, o cenário era uma vilazinha medieval, onde existe um castelo enorme,
com grossas muralhas. Onde houvera batalhas, algumas delas (quem sabe?), até por amor.
Outrora, ali, os nossos príncipes descobriram um dragão cor de caramelo, de nome Spike, que
sobrevoava as muralhas. (Dizem por aí que o Spike, até hoje, anda escondido por ali e só se
mostra àqueles que estão apaixonados e, mais, protege o amor daqueles que o conseguem
ver).
Era um domingo de primavera quando o príncipe ludibriou a princesa e a levou para a vila
medieval. E, surpreendendo-a, em cima das muralhas (lá onde vive o Spike!) estava ele,
efetivamente trajado de príncipe! (Acreditem se quiserem, mas é a mais pura verdade!)
Colocando-a em cima de uma das torres, ela debruça-se sobre a sacada, ele, pega-a pela mão,
ajoelha-se e oferta-lhe o anel: “Queres casar comigo?” (Preciso contar a vocês, preciso contar a
resposta?)
Para completar a magia da história, resolveram se casar no Equinócio de Primavera (a mesma
primavera que fez palco para tantas passagens do amor deles). E o resto da história vocês já
sabem, eles viverão felizes para sempre… Loucos? Pode ser, mas a verdade é que a loucura é
das primas mais próximas do amor.

4 anos de um amor de verdade

A exatos 1461 dias a trás eu e o meu meu amor, Eliel, demos o nosso primeiro beijo e começamos a namorar. Já é um bom tempo juntos, mas quando penso no tempo que pretendo ficar ao lado dele (e imagino que vou viver até uns 90 anos) vejo que isso é só o comecinho, o prefácio da nossa história.

Durante esse pedacinho da nossa vida, nós passamos a nos amar e a nos conhecer melhor a cada dia. Nossa amizade, nossa intimidade, nossas afinidades, nossos planos em comum, e, dessa forma, o nosso amor, cresceram muito. Juntos enfrentamos os problemas de se tornar adulto, ter responsabilidades e tomar decisões, enfrentamos perdas, e conquistamos muitas coisas!

Essas experiências nos fizeram crescer e fortaleceram o nosso relacionamento. Hoje, além de ser meu grande amor, ele é meu melhor amigo, a pessoa com quem eu mais me divirto e mais gosto de compartilhar a minha vida. É por isso que daqui a 78 dias eu vou me tornar a esposa dele!

Desejo que todos vocês tenham a sorte de encontrar alguém a quem amar, como nós nos amamos!

Só queria contar como estou feliz!

Uma história de amor em 22 fotos

O post a seguir não foi escrito por mim. Recebi do meu noivo esta tarde e como achei muito bonito, resolvi mostrar pra vocês. Se alguém tem dúvidas do que é amor de verdade, essa é uma excelente oportunidade para descobrir que amar vai muito além de gostar do que o outro te oferece, é se dedicar, se dar, só pra fazer o outro feliz. Não veja as fotos apenas uma vez. Tente refletir um pouco sobre esse casal, as dificuldades diárias que encontram, em como a vida deles mudou drasticamente. Depois veja as fotos de novo. Você vai entender.

Em uma época de amores descartáveis, onde trocamos de parceiro como mudamos de roupa. Essa sequência de imagens é um tapa na cara de todos nós, e mais uma gigante razão para acreditar!

E pra fechar a sequência “caiu cisco no meu olho”, um trecho deles dançando em um casamento no qual eles foram padrinhos :)

As fotos são do fotógrafo e amigo do casal Tim Dodd, que no site dele tem mais informações. E hoje o Taylor Morris tem um site para arrecadar doações para o tratamento, mostrar seus pequenos progressos e divulgar a história pro mundo, cliquem aqui. Vi as fotos originalmente no BuzzFeed.

Post by Razões para Acreditar.